Post Icon

Sete Minutos depois da Meia-Noite

Patrick Ness
(Baseado na ideia de Siobhan Dowd)

"Muitas coisas que são verdadeiras parecem enganação. Reinos têm os príncipes que merecem, filhas de fazendeiros morrem sem motivo e, às vezes, vale a pena salvar bruxas. Na verdade, geralmente é assim. Você ficaria surpreso."



Olá Pessoal, tudo bem?

Hoje eu gostaria de conversar com vocês sobre esse livro fofíssimo, mas para vocês não falarem que eu não avisei preparem os lencinhos se decidirem ler essa obra.

O livro traz a história de Conan O'Malley, um garoto de 13 anos que esta passando por uma situação muito difícil, sua mãe esta gravemente doente. Apesar dessa situação, Conor tenta viver uma vida normal, é muito responsável, ajuda em casa, vai a escola, porém lá ele se sente muito excluído, sem amigos e sofre bullying.  No entanto, ele tem um pesadelo recorrente que o perturba profundamente. Um dia, ele recebe uma visita desconcertante, ele recebe a visita de um monstro, uma árvore, um ente poderoso da natureza, que caminhou mais uma vez para atender o chamado de Conan.

Não vou falar mais nada sobre o enredo, porque o livro é bastante curto (157 páginas), mas apesar disso, é bastante poderoso e trabalha a questão da perda e principalmente da culpa de uma forma primorosa, o elemento fantasia do livro apesar de importante não é o centro da história, até porque esse monstro pode representar várias coisas, tais como, o sentimento e a consciência do garoto.

"... porque sua mente vai se contradizer cem vezes a cada dia (...). Sua mente vai acreditar em mentiras agradáveis e ao mesmo tempo vai reconhecer as verdades dolorosas que tornam essas mentiras necessárias."

O monstro vai contar histórias para o Conan, e a principio o personagem não consegue ver sentido nelas e para falar a verdade nem nós, mas no final tudo se amarra mostrando que nem tudo é aquilo que se vê da superfície. Esse livro discute muito a importância da verdade e principalmente a importância de admitir a verdade para si próprio.
Realmente acho que esse livro deveria ser recomendado nas escolas e digo mais eu não sei se isso é recomendado, mas acho que esse livro poderia ser utilizado com ferramenta durante uma terapia em muitos casos.

De uma chance para o livro, o livro é curto e de leitura rápida, escrita fluida e história emocionante, tudo isso com sutileza, não tem como não se emocionar.

Livro: Sete minutos depois da meia-noite
Autor: Patrick Ness
Editora: Novo Conceito
157 páginas


Aproveitei também para assistir ao filme dirigido por J. A. Bayona e com roteiro do próprio Patrick Ness e o filme é digno do livro, bastante fiel com alterações mínimas como o destaque para os desenhos do protagonista só deram força para a obra. Gostei muito da cena final adicionada, eu tinha sentido falta disso no livro. No filme eles omitem a personagem da amiga do Conan, eu gostaria que ela tivesse aparecido na história.

Conan é interpretado por Lewis MacDougall e ele faz isso de forma excelente conseguindo demonstrar no olhar e no comportamento, toda a melancolia e o mix de sentimentos que o personagem traz. A mãe interpretada por Felicity Jones traz uma doçura que é difícil de não se envolver.

Os efeitos são muito bons, no monstro, nas cenas de destruição, quando as histórias são contadas ou mesmo em algumas cenas muito bonitas que mostra Conan desenhando e essa relação arte e vida.

E é óbvio que mesmo conhecendo toda a história eu chorei, porque a história é muito tocante e filme foi de tal forma bem feito que ele consegue te convencer disso.

Livro e filme mais que recomendados.

E vocês conhecem esse livro? Já leram algo do Patrick Ness?
Até a próxima,

Dani Moraes

Nas redes sociais: 
Nós sigam também nas redes sociais: Facebook, Twitter (danipmoraes), Instagram (danimoraes02) e Snapchat (danielapmoraes).

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário